logo sociological

michael douglas

Adina Nack, PhD

Também publicado em Girls w/Pen

Tendo escrito durante 13 anos sobre o HPV (papilomavirus humano) transmitido sexualmente, eu ansiava pelo dia em que uma celebridade iria empregar sua fama para revelar fatos sobre a infecção por HPV, especialmente sobre os cânceres orais a ele relacionados. Este dia chegou: Na semana passada Michael Douglas anunciou que seu câncer foi causado pela infecção por HPV provavelmente transmitida através de sexo oral. Os tecidos da membrana mucosa bucal e da garganta são semelhantes àqueles da pele que reveste os órgãos genitais. Por esta razão os pesquisadores já sabem há algum tempo que , como o herpes, o HPV pode ser transmitido da via oral para a genital e vice-versa.

Tenho esperanças de que esta notícia de grande repercussão dada por Michael Douglas possa ser um catalisador de mudanças. Já em 2009 os achados eram claros: a transmissão oral do HPV causador de câncer nos revelava que quase todos nós somos mais propensos ao risco do que imunes a ele. Em meu artigo para a Ms. Magazine eu me concentrei na importância de não só educar o público sobre os cânceres masculinos ligados ao HPV mas também sobre a relação câncer oral e HPV. Adicionalmente, defendi a necessidade de se desestigmatizar todas as doenças sexualmente transmissíveis (DST): minha pesquisa e um livro de minha autoria têm demonstrado que o estigma das DST torna mais provável que indivíduos infectados se recusem a realizar exames ou obter tratamento. O estigma que recai sobre as DST também torna menos provável que indivíduos revelem sua condição para seus parceiros, colocando estes em  risco aumentado de infecção. Além disso, estereótipos negativos sobre os ‘tipos’ de mulheres e homens propensos a serem infectados distorcem nossas idéias sobre quem se encontra em risco.

Eu irei concluir este post com uma convocação: para que nos unamos, conheçamos os fatos e não sejamos ludibriados pela cobertura incompleta da mídia e pelas afirmações confusas da indústria farmacêutica. Devemos apoiar o aumento significativo de recursos para pesquisar formas precisas de prevenir os cânceres orais e de garganta ligados ao HPV, cujos estudos revelam estar em franca ascensão sendo estes mais fatais que o câncer de colo de útero nos EUA.

Adina Nack é autora de Damaged Goods? e professora de Sociologia na Universidade Luterana da Califórnia. Ela se especializou em sociologia médica, desigualdade de gêneros e saúde sexual e colabora com a Girl w/ Pen.

****

Sociological Images tem uma parceria com o blog Conhecimento PrudenteImagens Sociológicas: Ver para crer foi criado para encorajar todas as pessoas a exercitarem e desenvolverem sua imaginação sociológica através da apresentação de breves discussões sociológicas sobre imagens sedutoras e atuais a partir de reflexões geradas no vasto campo da pesquisa sociológica. É também poderoso instrumento de interpretação de mensagens da mídia.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s